Google+ Rádio Gospel Hits

quinta-feira, 21 de junho de 2018

“Não farei acordo com o diabo”, diz Bolsonaro ao recusar alianças políticas por tempo na TV

A campanha eleitoral para a presidência da República terá diversos fatores incomuns, incluindo o fato de o líder das pesquisas, Jair Bolsonaro (PSL) praticamente não ter tempo de propaganda na TV. 

E, se depender de acordos políticos escusos, o presidenciável prefere continuar dessa forma.

Jair Bolsonaro (Reprodução)

Em visita ao Maranhão na última semana, Bolsonaro afirmou que não montará uma coligação apenas para aumentar seu tempo de TV, por ter compromisso de romper com o modelo “toma lá, dá cá” que vem sendo adotado desde 1994 pelos presidentes eleitos.

“Não farei acordo com o diabo para ter tempo de TV”, disse Bolsonaro, acrescentando que sua campanha se baseará nas redes sociais. “Propaganda hoje é feita com isso aqui [celular]. Tivemos o exemplo nos Estados Unidos, ninguém acreditava no Trump, mas ele ganhou”, argumentou, de acordo com informações do jornal Folha de S. Paulo.

Convicto de que tem apoio popular, o deputado federal criticou as pesquisas de intenção de voto, em especial, o instituto Datafolha: “Pesquisas no Brasil estão sob suspeitas. Pesquisas no Brasil, como regra, sempre foram usadas para ganhar voto. O eleitor que não gosta de falar, muitas vezes [diz] ‘não vou votar no cara que está perdendo’, aí vota no cara só porque está na frente”, disse Bolsonaro.

Resultado de imagem para campanha presidencial 2018
Possíveis Candidatos Presidenciáveis 2018

Em uma crítica mais direta ao Datafolha, afirmou: “Nós carecemos no Brasil de uma fonte de pesquisas confiável”. O instituto de pesquisas ligado à Folha de S. Paulo é alvo, há anos, de piadas nas redes sociais que colocam sua credibilidade e metodologia em xeque.

A pré-candidata ao governo do Maranhão, Maura Jorge (PSL), afirmou que existe má vontade da grande mídia contra Bolsonaro, que pinta uma imagem preconceituosa do presidenciável: “Para acabar com o factoide, ele escolheu uma mulher, nordestina e maranhense para apoiar no Maranhão”, afirmou a ex-prefeita do município de Lago da Pedra e deputada estadual por quatro vezes.

“As pessoas querem alguém que ame a sua pátria, alguém que afaste o comunismo. O Maranhão, a partir de 2019, não será mais governado por comunistas”, concluiu Bolsonaro, ressaltando seu apoio a Maura Jorge e criticando o governador Flávio Dino, do PCdoB.

Jogadores rivais oram após jogo na Copa do Mundo

Romelu Lukaku e Fidel Escobar
Romelu Lukaku e Fidel Escobar oram após o jogo.

Romelu Lukaku, do Manchester United é um dos astros da Seleção da Bélgica. Cristão, ele seguidamente é visto fazendo sinais religiosos durante as partidas.

Logo após o final do jogo desta manhã, onde a Bélgica bateu a frágil seleção do Panamá, por 3 a 0, ajoelhou-se para agradecer a Deus. Ele marcou dois tentos para o time belga.

Ao seu lado estava Fidel Escobar, zagueiro panamenho que ainda luta pelo reconhecimento profissional na equipe do Red Bull New York. Durante a partida, Escobar tentou várias vezes parar Lukaku, mas o belga venceu quase todas as disputas de bola.

Os dois orando lado a lado, vencedor e perdedor, foi considerada a “imagem do dia” por vários órgãos de imprensa. O fato chamou mais atenção ainda após a FIFA ter proibido manifestações religiosas em campo.

Imagem: ESPN

Igrejas mudam de nome e investem em mídia social para atrair os mais jovens


Resultado de imagem para Igrejas mudam de nome e investem em mídia social para atrair os mais jovens
Grace Capital City, uma congregação de maioria jovem
que se reúne na Igreja dos Peregrinos. (Foto: Facebook)
O Grupo Barna divulgou uma pesquisa no início desse ano mostrando que 35% dos adolescentes se identificam como “ateus, agnósticos ou sem religião”, um índice que surpreendeu os especialistas.

Nos Estados Unidos, onde o cristianismo mostra-se “estagnado” em termos numéricos e “em declínio” nas grandes cidades, algumas igrejas decidiram fazer mudanças drásticas na tentativa de atrair os mais jovens. O alvo primordial são os milenials, nascidos entre meados das décadas de 1980 e 1990. Estudos recentes mostram que para alcançar esse público, as marcas estão precisando se reinventar. Esse movimento também é identificado no Brasil, embora em menor escala.


Cidade da Verdade

Resultado de imagem para millennials

Por exemplo, a tradicional Igreja Batista Parkway, em Kansas City, passou a se chamar “City of Truth” [Cidade da Verdade]. Quando o pastor Armour D. Stephenson assumiu a congregação, ela tinha “despencado” de 300 para 85 membros. Ao longo do último ano, a congregação cresceu para cerca de 1.000 membros.

Grande parte desse sucesso, garante Quincee Jackson, diretor de ministérios da Cidade da Verdade, foi resultado de “mudanças drásticas”, incluindo o estilo da música, a aposta em séries de sermões, maior presença nas mídias sociais, a eliminação de regras de vestimenta, e cultos mais curtos, não passando de 90 minutos.

“Aposentamos nossos ternos e adotamos nossas camisetas e jeans. Dissemos que nossa mensagem seria melhor se fôssemos mais autênticos”, explica Jackson. A maioria dos novos membros é parte dos milenials.

Ele explica ainda que a maioria dos antigos membros aprovou as mudanças. “Apostamos em passar aos membros uma visão clara e convincente do que estava em jogo, se não fizéssemos essas mudanças. Vidas estão em jogo e tudo que cresce passa por mudanças.”
Capital da Graça

Já a Grace Capital City [Capital da Graça], começou como um grupo dento da Igreja dos Peregrinos, uma presbiteriana fundada em 1903. Seus cultos no templo de estilo gótico construído em 1929 abrigam hoje um público que é 80% formado por milenials.

O pastor Chris Moerman diz que a visão sempre foi reunir pais e filhos, mas que a maioria dos membros era de idosos. “Nossa visão é ser uma congregação multigeracional, afinal cada geração precisa da outra para encorajamento, discipulado e apoio”, ressalta.

Ele conta que “estamos continuamente orando para que Deus levante mães e pais espirituais em nossa igreja e que Deus nos abençoe com pessoas de todas as faixas etárias, pois todos são importantes para o Corpo de Cristo”. A presença nas redes serviu como um ‘megafone’ para sua mensagem.

Sua igreja também passou por mudanças antes de começar a atrair um outro tipo de público e voltar a crescer. “Eu atribuo esse crescimento ao estímulo de relacionamentos genuínos, uma espiritualidade vibrante expressa através de culto, do ensino e da vida em comunidade, e uma paixão em mostrar às pessoas a obra que Deus tem para suas vidas. Queremos um impacto não apenas no culto de domingo, mas algo que levem para sua vida cotidiana”, acrescentou Moerman.

A Mesa

Com o curioso nome de The Table Church [Igreja da Mesa], a congregação pastoreada por Kevin Lum tem uma história diferente. Ela teve início em 2013, não sendo uma derivação de uma igreja já existente. Surgida em plena “era da internet”, eles apostam em uma abordagem focada num público acostumado com a alta velocidade das informações, mas que padece do isolamento causado pela imersão no mundo virtual.

“Na The Table, somos apaixonados por Jesus, criamos ministérios valorizando os dons das pessoas e os capacitamos a colocar esses dons em prática. Também nos divertimos, amamos nosso pessoal e estamos focados em criar uma experiência comunitária em todas as nossas atividades. Tudo isso com a geração do milênio, mas acho que todos têm fome da mesma coisa: autenticidade”, analisa Lum.

O crescimento anual da igreja tem ficado na média de 20% e atualmente conta com cerca de 400 membros. “Não estávamos preocupados em alcançar somente os jovens, pois essa não seria uma visão centrada no Evangelho”, explicou o pastor.

Porém, ele diz que o pastoreio dessa geração exige uma abordagem diferente. Uma das principais características é a necessidade de “transparência”. “Nós mostramos as movimentações financeiras regularmente e investimos para que as ofertas dos nossos fiéis causem impacto em nossa comunidade”, explica. 

Com informações Christian Post

Pregador Luo lança lyric vídeo na VEVO para homenagear jogadores de futebol - O Rei dos campos

Resultado de imagem para Pregador Luo lança lyric vídeo na VEVO para homenagear jogadores de futebol - O Rei dos campos

Em época de Copa do Mundo, de uma forma ou de outra, os brasileiros se voltam para os campos de futebol para torcer pelo Brasil, que nesse ano vai lutar para trazer a taça nos campos da Rússia. 

Resultado de imagem para Pregador Luo lança lyric vídeo na VEVO para homenagear jogadores de futebol - O Rei dos camposE como bom rapper que é, antenado em tudo que acontece no cotidiano de seu país, o Pregador Luo, lança em seu canal da VEVO, o Lyric vídeo da música “O Rei dos Campos”, que faz parte do álbum “Retransmissão (Remixes)" lançado pela Universal Music Christian Group.


“Compus a música ‘Rei dos Campos’ para unificar o hip hop com o futebol. Até porque o hip hop é a música ouvida nas periferias, a música ouvida pela maioria dos jogadores de futebol. Meu desejo é de homenagear a todos os reis dos campos que estão aí pelo mundo, de Pelé a Neymar. 

A canção é para oferecer alegria, porque o futebol é o ópio do povo, mas ele também é a alegria do povo. E eu quis fazer isso para motivar os atletas e aqueles brasileiros que estão aí na corrida para conquistar seus ideais”, explica Luo.

Assista o clipe:

Instagram lança plataforma de vídeo para brigar com YouTube

YouTube que se cuide. O Instagram anunciou nesta quarta-feira (20/06) sua própria plataforma de vídeo, a IGTV. O anúncio foi feito em um evento em São Francisco, na Califórnia, e transmitido ao vivo para a imprensa em São Paulo.

Disponível em aplicativo independente e dentro do próprio Instagram, o recurso permite que qualquer usuário faça vídeos de até uma hora de duração. 



Hoje, os vídeos publicados no Instagram têm, no máximo, 1 minuto. No Stories, o limite é de 15 segundos.


“É hora de dar o próximo passo na área de vídeos”, diz Kevin Systrom, presidente do Instagram. O IGTV será, segundo o executivo, “uma forma de ver vídeos longos e verticais produzidos pelos criadores que você ama”. A ferramenta foi pensada para vídeos filmados na vertical.

É preciso atualizar o Instagram no seu smartphone para que o ícone do IGTV apareça no canto superior direito do app. Nos próximos dias, o aplicativo independente do IGTV estará disponível para Android e iPhone.

A fim de oferecer uma experiência mais intuitiva, o Instagram não exigirá do usuário nenhum esforço para visualizar os vídeos no IGTV. Ao abrir o aplicativo (ou o recurso embutido no Instagram), um vídeo já começará a rodar imediatamente. O usuário seguirá quem quiser, mas o Instagram também fará sugestões.

A empresa anunciou também que bateu o número de 1 bilhão de usuários no mundo. Em setembro de 2017, eram 800 milhões. O Brasil é o segundo país com maior audiência na rede — 50 milhões de usuários.

O recurso vem para reforçar a atuação da rede no mercado de vídeos. Uma pesquisa recente revelou que o aplicativo social preferido dos adolescentes é o YouTube, plataforma do Google para vídeos — 85% dos entrevistados disseram que assistem a vídeos por lá. Em seguida, vem o Instagram, rede social preferida de 72% dos adolescentes.

Publicidade
Resultado de imagem para Instagram lança plataforma de vídeo para brigar com YouTube

No momento, não há anúncios no IGTV. Mas, à imprensa americana, Systrom afirmou que trata-se "obviamente de um lugar razoável (para colocar anúncios)". A publicidade, segundo ele, seria uma forma de os criadores (como são chamados os youtubers do Instagram, que vivem da rede social) manterem a sustentabilidade de seus negócios.

A exemplo do YouTube, o IGTV vai permitir a criação de canais que poderão ser seguidos pelos usuários. Será possível, também, adicionar links nos vídeos, o que significa poder direcionar tráfego a outros lugares — útil para influenciadores patrocinados, marcas e usuários que queiram promover alguma página na internet.

Questionado sobre a possibilidade de a IGTV entrar na briga das grandes produções de conteúdo audiovisual feitas por empresas de tecnologia (como Netflix, Amazon e Apple), o brasileiro Mike Krieger, diretor de tecnologia e cofundador do Instagram, disse que não há planos nesse sentido. O executivo conversou com jornalistas no Brasil por videoconferência. Segundo ele, haverá, sim, conteúdos mais elaborados, mas todos de autoria dos próprios usuários.

O mercado já esperava que o Instagram fosse anunciar a criação de sua própria "televisão". O consumo de vídeos online tem explodido. Em 2021, eles vão responder por 78% de todo o tráfego de dados gerado em plataformas móveis, segundo pesquisa da Cisco.

terça-feira, 19 de junho de 2018

Guia Prático para Passar em Concurso Público


O Guia Prático para Passar em Concurso Público em 1 Ano é um excelente treinamento sobre como se preparar de forma adequada para Concursos Públicos. 

Foi feito por quem entende do assunto e tem como diferencial a forma simples e objetiva como aborda os assuntos. Criado por Kalebe Dionísio, que é Recordista Brasileiro, sendo o Jovem com maior número de nomeações em concursos públicos federais. Com apenas 22 anos, foi aprovado e NOMEADO em 10 concursos federais. Este recorde foi homologado pelo RankBrasil, que é o Guinness Book Brasileiro. Kalebe também é o fundador do site www.fuiaprovado.com, um dos maiores sites especializados em concursos no Brasil, que desde 2013 vem ajudando a aprovar milhares de candidatos. 

O curso é composto por 31 videoaulas divididas em 12 módulos. Tem também um Módulo Bônus com muito material atualizado e de excelente qualidade.


segunda-feira, 18 de junho de 2018

Zorra, da Globo, retrata “demônio bom” e “Deus desonesto”

Desde sua reformulação, em 2015, quando mudou de “Zorra Total” para apenas “Zorra”, o humorístico transmitido aos sábados pela rede Globo vem apregoando que fugiria dos bordões e piadas sobre negros, gays e outros tópicos que não são mais considerados aceitáveis.

Os quadros do programa, no formato de esquetes que se assemelham mais ao humor de canais populares no Youtube, passaram a focar em paródias musicais, piadas nonsense, sátiras políticas e, com frequência, abordar temas religiosos.

Zorra Total
Programa Zorra - Rede Globo

O ator Welder Rodrigues tem interpretado com regularidade um pastor pentecostal que realiza libertações em sua igreja. Nas últimas semanas, ele aparecia na tela fazendo orações por um fiel vivido por Luis Miranda.

Um dos programas exibiu um quadro onde o pastor realizava exorcismo no culto de “Descarrego do Vício”. Miranda estava possuído pelo “espírito da jogatina”, porém, o líder religioso preferiu não expulsar essa entidade. Ele optou por levar o endemoninhado para fazer dupla com ele em uma competição de carteado, onde ganhou muito dinheiro.

Já no dia 9 de junho, o possuído interpretado por Miranda reclamava da libertação. Após o demônio sair, o pastor pede que o fiel “pague o dízimo”. Quando o liberto pede um “recibo” ao personagem de Welder, para poder debitar do Imposto de Renda, o pastor se recusa.

Diante disso, a exigência do liberto é que o demônio, que seria bom para ele, voltasse, uma vez que a igreja não pagava impostos, mas ele sim. Assista aqui.

Essa visão distorcida do que seria “certo” ou “errado” na religião cristã do Zorra não se aplica apenas aos evangélicos. No programa mais recente, Welder Rodrigues interpreta um outro líder religioso: o papa.

Num esquete onde ele diz que o Vaticano irá participar da Copa do Mundo, ouve a preocupação dos cardeais que seriam escalados, sobre a pouca chance de vencerem. O pontífice assegura: “Deus está do nosso lado”.

Durante o primeiro jogo, o papa cruza uma bola e surge em campo uma figura iluminada, representando a Deus, que faz o gol de mão. Na comemoração do tento, que ocorreu de forma desonesta, Welder se ajoelha e agradece: “la mano de Dios”, uma referência ao controverso gol de mão de Maradona no jogo Argentina X Inglaterra na Copa de 1986. Apesar da ilegalidade, o jogador minimizou ter violado as regras do esporte, alegando que teve ajuda divina.


Isso está longe de ser mais uma piada inócua, afinal o Zorra no ano passado havia feito um quadro onde Deus era representado como uma pessoa LGBT.

Questionar o caráter de Deus e tentar retratar um demônio como algo “bom” e que pode trazer algum tipo de vantagem realmente ultrapassa os limites do humor e se caracteriza, mais uma vez, como elementos de uma campanha contínua da emissora para ridicularizar a fé cristã e seus princípios.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...