Google+ Rádio Gospel Hits: Disputas estariam gerando troca de farpas na Record e diretor troca reuniões por orações, diz jornalista

sexta-feira, 6 de março de 2015

Disputas estariam gerando troca de farpas na Record e diretor troca reuniões por orações, diz jornalista

A disputa por poder na diretoria da TV Record estaria causando instabilidade e divergências entre os principais responsáveis pela área artística e jornalística da emissora. Além disso, as tomadas de decisão de um dos novos diretores estariam sendo tomadas baseadas a partir da fé, ao invés de escolhas profissionais.

Disputas estariam gerando troca de farpas na Record e diretor troca reuniões por orações, diz jornalista

As informações acima foram divulgadas pelo jornalista Daniel Castro, do Notícias da TV, que aponta o centro da disputa entre o bispo Marcelo Silva, vice-presidente artístico e de programação, e o vice-presidente de jornalismo, Douglas Tavolaro, que é o autor da biografia “Nada a Perder”, do bispo Edir Macedo.

Um dos pontos de conflito seria a maneira como a TV Record vai acomodar Xuxa na programação. Silva espera coloca-la na programação matinal, diariamente. Já Tavolaro defende que a melhor maneira seria um programa noturno, semanal, às quartas-feiras, para enfrentar o futebol na Globo e na Band.

As divergências estão levando a troca de farpas em reuniões importantes da emissora, com ataques de ambos os lados, segundo Castro.

Acrescente-se a isso a nova função exercida por Marcelo Cardoso, ex-diretor da Record Internacional. Marcelo é irmão do genro de Edir Macedo, bispo Renato Cardoso, e é apontado como futuro presidente da emissora.

Desde fevereiro o bispo Marcelo Cardoso trabalha na sede da emissora na Barra Funda, em São Paulo, e teria transformado a sala de reuniões da diretoria em uma sala de orações.

Além disso, sua forma de tomar decisões estaria causando desconforto entre os colaboradores da Record: “Cardoso se reuniu com cerca de 30 obreiras e pastores da Universal, a maior parte vindos da África e da Europa. Mas a pregação dominou as conversas, e os gritos de amém e aleluia foram ouvidos dos corredores. A pessoas próximas, Cardoso tem dito que a Bíblia é o melhor livro de administração que existe e que a Record deve ser administrada seguindo a obra sagrada”, escreveu Castro.

Ao menos um executivo da Record teria a mesma ideia de Marcelo Cardoso: Marcus Vinícius Vieira, vice-presidente executivo. Responsável pela redução de custos na emissora, Vieira é conhecido por citar referências bíblicas em suas argumentações de decisões.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...