Google+ Rádio Gospel Hits: Consumo de cocaína no Brasil mais que dobrou entre 2005 e 2011

Divulgação 728 X 90

Player

segunda-feira, 10 de março de 2014

Consumo de cocaína no Brasil mais que dobrou entre 2005 e 2011

Segundo o relatório anual do Conselho Internacional de Controle de Narcóticos, órgão ligado à Organização das Nações Unidas (ONU) o consumo de cocaína no Brasil mais do que dobrou entre 2005 e 2011 e é superior à média mundial. De acordo com a publicação, divulgada na terça-feira (04) 0,7% da população do país entre 12 e 65 anos consumia a droga em 2005 e, em 2011, esse percentual saltou para 1,75% de pessoas com idade entre 16 e 64 anos.


O consumo de cocaína é o quatro vezes maior que a média mundial, de 0,4%. A América do Sul é a terceira região com a maior média de uso da droga (1,3% da população), atrás da América do Norte e Oceania (1,5% cada)

O relatório informa ainda que as apreensões de maconha diminuíram significativamente, de 174 mil toneladas em 2011 para 11.2 toneladas no ano seguinte. Além disso, 21,7 hectares de cultivo foram erradicados em 2012. O órgão pontua que o cultivo dessa droga no Brasil é destinada principalmente ao consumo local.

O conselho destaca ainda o papel do Brasil na rota da cocaína, por conta de suas extensas fronteiras terrestres com todos os três principais países produtores de cocaína e sua longa costa, com fácil acesso para o Oceano Atlântico. Em 2012, a maior parte da cocaína apreendida no Brasil tinha vindo da Bolívia, Peru e Colômbia.

Em outro ponto, o relatório informa que, de acordo com o governo do Brasil, a fabricação de drogas sintéticas não ocorre no país. Elas chegam principalmente da Europa, em algumas ocasiões, em troca de cocaína. Em 2011, o Brasil registrou a maior apreensão de ecstasy das últimas duas décadas: 70 kg, Em 2012, foram apreendidos 339 mil comprimidos de ecstasy e 10 mil unidades de anfetaminas.


Fonte: O Globo

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...