Google+ Rádio Gospel Hits: Tiririca Pede Apoio a Circos na Câmara dos Deputados: 'Estou Chegando e Fazendo Barulho'

Divulgação 728 X 90

Player

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Tiririca Pede Apoio a Circos na Câmara dos Deputados: 'Estou Chegando e Fazendo Barulho'

O deputado federal Tiririca (PR-SP) presidiu nesta quinta-feira, pela primeira vez, uma audiência pública na Câmara dos Deputados. O deputado, que foi eleito com mais de um milhão de votos, convocou a Comissão de Educação e Cultura para discutir a concessão de alvarás para circos.

Tiririca recordou, durante a reunião, sua trajetória artística, que começou, justamente em um circo, quando ainda era criança.

"Comecei aos 8 anos e fiquei até os 30. Sei da dificuldade. O circo é a maior cultura que temos, é cultura popular. Precisa de apoio do governo federal e dos governos estaduais", disse.
Deputado Tiririca
A burocracia para a concessão de alvarás para circos foi criticada durante a audiência. Segundo o Terra, atualmente, as prefeituras exigem, pelo menos, 18 documentos para conceder uma permissão para o funcionamento de um circo.

Tiririca disse que tinha esperanças de que o tema, discutido em audiência, possa sensibilizar os deputados para a questão.

"Um palhaço de circo, sendo o deputado mais votado do País, está chegando e fazendo barulho", comentou. "O circo está vivo e não pode deixar de existir."

Apesar de já estar acostumado com os holofotes, agora ele tem que exercer seu mandato e defender uma causa. Tiririca é conhecido por ficar muito calado, porém atento neste seu primeiro ano na Câmara. Segundo ele, diferentemente do público do circo, os parlamentares não prestam muita atenção a quem está discursando.

"No circo é mais organizado. No circo, o pessoal presta atenção, aplaude. Aqui é cada um por si, é uma loucura! Aqui, você fala para você mesmo, você mesmo se aplaude. Ninguém não está nem aí, uns ficam vendo a internet, outros estão ao telefone, lendo jornal, ninguém presta atenção", afirma o deputado, segundo O Globo.

Ele conta que ainda está aprendendo. "Eu me ligo porque para mim é um aprendizado, estou aprendendo como funciona a coisa e como a coisa é. Mas nem por isso vou ser igual a alguns deles. Não são todos, são alguns deles".

Sobre sua primeira sessão na Câmara, ele se sentiu tranquilo. “Acontece o seguinte: não vou deixar de ser eu. Os meus eleitores elegeram não o político Tiririca, eles elegeram o palhaço, o comediante, e, não vou mudar por isso. Não vou fugir das regras da Casa, lógico. Não estou aqui para bagunçar. Mas não vou deixar de ser eu, pelo que os outros acham ou vão deixar de achar".

Tiririca termina falando sobre seu estilo de “oratória”: "se falar errado, se falar certo, sou eu. Não vou fugir das regras deles, você tem que chamar de vossa excelência e essas coisas todas, mas não vou também deixar de ser eu. Se pudesse chamar de abestado, de filho de uma égua, eu chamaria, mas não pode porque é quebra de decoro”, conclui o eterno palhaço".

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...