Google+ Rádio Gospel Hits

Divulgação 728 X 90

Player

Boo Box

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Venha Participar - Segunda de Louvor na ADALPHA /Barueri - SP


segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Mariana Ava se prepara para a gravação do Sony Music Live com participação de Leonardo Gonçalves

Mariana Ava começou sua carreira em 2002 com o álbum Mundo Azul. Em 2004 lançou o álbum "Atitude de Cristão". Já o terceiro trabalho – Mariana Ava ­ teve bastante repercussão com as canções "Fly", "Vinho Novo", "Te Contemplar", "Sonhar, Sonhar" e "All Four Seasons", que tiveram clipes que juntos somam mais de 230 mil visualizações. Sua carreira ganhou mais visibilidade após vencer o Troféu Promessas 2013, na categoria “Pra Curtir”, dedicada a artistas independentes. 

No ano seguinte fechou parceria com a Sony Music para a distribuição digital do disco "Mariana Ava", lançado em 2012. Essa parceria inaugurou o projeto Sony Music Digital, onde os artistas têm seus projetos focados nas plataformas digitais e, aqueles que se destacam, são incluídos na distribuição física.


A parceria com a Sony Music deu certo, o álbum se destacou e, em agosto de 2015, foi lançado o novo disco, com distribuição física pela gravadora. "Pés Firmados" é o quarto trabalho da cantora e traz nove canções no estilo pop-congregacional, incluindo a já conhecida versão de "Oceans", do Hillsong United, e a regravação de "Levar Tua Arca", que integra o DVD Geração Apostólica, lançado em 2007 pela Igreja Fonte da Vida. 

O projeto, que foi produzido nos Estados Unidos por Jeffrey Kunde, guitarrista do Jesus Culture, conta ainda com participações especiais de Daniela Araújo (responsável também pela produção vocal) na canção "Sou Feliz" e o rapper Gabriel Asaph em "Pregue o Amor", escrita por Anderson Freire. O repertório mistura pop-congregacional com versões estrangeiras e músicas inéditas. Dessas inéditas, três faixas são autorais - "Pés Firmados", "Levar Tua Arca" e "Candeia", escrita em parceria com Isabella Teixeira".


A novidade mais recente no ministério de Mariana Ava é a sua participação na segunda temporada do Sony Music Live. O projeto acontece na plataforma YouTube/VEVO e já conta com mais de 60 milhões de visualizações na primeira temporada. A expectativa é de que com os novos episódios, o SML supere 100 milhões de views.

A gravação será ao vivo, no dia 4 de agosto, na Filadelfia Church, em Mogi das Cruzes - SP, a partir das 20:30. O repertório será composto por "Pés Firmados", "Sou Feliz", "Vinho Novo", "Oceanos" e "Levar Tua Arca", além de uma canção inédita. Outra novidade é a participação do cantor Leonardo Gonçalves. A produção será assinada por Hugo Pessoa.

sábado, 2 de julho de 2016

Marco Feliciano debate Bíblia e Constituição no Pânico

O Programa Pânico no Rádio, da Jovem Pan, é um dos mais populares da rádio brasileira. Transmitido de segunda a sexta entre o meio-dia e as 14h, seu público são os jovens. Além do humor, uma de suas marcas é a pluralidade dos entrevistados.
Nesta última terça-feira (28), enquanto recebia os humoristas do Porta dos Fundos, o nome do deputado Marco Feliciano foi citado. Ele ligou para o rádio reclamando das declarações e protagonizou um embate com Gregório Duvivier que teve grande repercussão na mídia em todo o país.
Convidado para estar ao vivo nesta sexta-feira (01), ele foi sabatinado pelos integrantes do programa. Durante quase duas horas, Feliciano respondeu a perguntas, desmentiu boatos e pregou o evangelho. Alternando momentos que falou como deputado federal e outros em que se posicionou como pastor evangélico, ele fez uma série de esclarecimentos sobre suas posturas públicas.
Além de contar sobre as dificuldades vividas na infância e como teve a vida transformada pelo evangelho. Relembrou a perseguição que passou a viver após assumir a presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara, em 2013.
Listando uma série de declarações polêmicas feitas no passado e que tem sido usada contra ele até hoje, fez questão de explicar que se arrepende de muitas delas. Justificou que foram ditas em um contexto específico e que era “muito imaturo”. Asseverou que não as faria novamente hoje.
O pastor Marco revelou que por causa da perseguição política de grupos LGBT acabou forçado a fechar igrejas de sua denominação, Catedral do Avivamento. Como teve bastante tempo para se posicionar, aproveitou para esmiuçar várias acusações falsas feitas contra ele, que incluíram a “derrubada” de cerca de 150 páginas de internet feitas para atacá-lo.
Apesar das eventuais provocações de alguns membros do Pânico, acabou elogiado inclusive por Evandro Santo, um homossexual assumido. Ele chamou o pastor de “civilizado” e “educado”, dizendo no final da entrevista: “muitas ideias minhas sobre você mudaram”.
No decorrer do programa, o parlamentar acabou falando em diferentes momentos sobre as questões que o estigmatizaram por conta do enfoque negativo que a mídia geralmente apresenta. Voltou a explicar que não é homofóbico e que não votou contra a criminalização da homofobia pois o assunto sequer foi para o Plenário da Câmara.
Insistiu que defende a Constituição, que não reconhece a união de pessoas do mesmo sexo como família, sublinhando que sua atuação política sempre foi conservadora. Sendo assim, como político defende o direito de todos se manifestarem e lutarem pelos seus direitos, incluindo os LGBT.
Fazendo um contraponto, usou a questão da ‘cura gay’ para ilustrar como a intolerância muitas vezes parte das próprias minorias. Traçou um paralelo com a postura de grupos que não permitiram mudanças na PL 122, que criminalizaria, por exemplo, um pastor que afirmasse que homossexualidade “é pecado”.
Além de usar vários versículos para mostrar em que se baseia nas questões de foro íntimo, lembrou a todos que a maioria dos brasileiros é conservador e que a “guerra cultural” que divide o país hoje foi iniciada e é instigada por movimentos de esquerda.
“Nós estamos no país da corrupção”, afirmou ele, observando que esse é um aspecto que infelizmente está entranhado na cultura nacional. Ao responder sobre a atuação de alguns colegas do Congresso, deixou claro que isso não significa que todos sejam assim. “Tenho muitos defeitos, mas não sou corrupto”, sublinhou.
Por fim, explicou que não será candidato a prefeitura de São Paulo, mas entende que os 4% de intenção de votos atribuídos a ele por uma pesquisa recente mostram que o povo deseja políticos com um perfil diferente.
Comparou isso à ascensão da pré-candidatura de Jair Bolsonaro, a qual mostra que, apesar das declarações polêmicas, a postura conservadora na política tem recuperado sua força no cenário nacional.

Evangélicos impedem que homem quebre imagens em Igreja Católica

A cidade de Patos, no Sertão paraibano, testemunhou evangélicos defendendo uma igreja católica. Um homem tentou invadir o local durante a noite para quebrar imagens de Jesus Cristo e de Maria Madalena. Chegou a arrombar uma porta a socos e pontapés, mas foi impedido de entrar por membros de uma igreja batista localizada nas proximidades.
Evangélicos impedem que homem quebre imagens em Igreja Católica
Evangélicos impedem que homem quebre imagens em Igreja Católica
Eles saiam de um culto quando viram o homem, que não teve seu nome revelado, prestes a começar o vandalismo. Testemunhas afirmam que ele já fez isso em outros templos. A família alega que o acusado possui um transtorno mental. O homem não foi agredido pelos fiéis, apenas imobilizado.
Em entrevista à TV, o pastor Jonas Batista explicou: “Estamos aqui para trabalhar para a comunidade, independe de ser evangélica ou não. Estamos aqui para respeitá-los e para conviver”, disse
Os membros da igreja católica agradeceram a intervenção. “Graças a Deus houve essa solidariedade dos nossos irmãos evangélicos, que estavam no culto deles, viram o fato e vieram correndo ajudar. Caso contrário, ele teria entrado e danificado”, comemora Joseildo Lopes, secretário do templo católico.
O representante comercial Geraldo de Moraes afirma que os fiéis católicos ficaram chateados, mas não tem mágoa do homem: “Eu não sei por que ele faz essas coisas. A gente só tem que rezar e pedir a Deus que ele melhore. A gente não pode condenar ninguém por um ato desse, pois uma pessoa normal não vai fazer isso”.

Bruna Martins prepara show de lançamento do novo disco pela Graça Music - Força e Poder

Após o sucesso do CD "O novo de Deus", que ultrapassou a marca de 40 mil cópias vendidas e rendeu Disco de Ouro a Bruna Martins, a cantora acaba de lançar, pela gravadora Graça Music, "Força e poder", terceiro disco da carreira. O álbum reúne 14 canções nos estilos pop, congregacional e blues, todas com mensagens de edificação e poder. 
As composições são assinadas pelo Missionário R. R. Soares e por Michael Sullivan, que também é o responsável pela produção musical, além de outros autores. As fotos, por sua vez, foram tiradas pelo fotógrafo Marcelo Nejm nas ruínas da Fazenda São Bernardino, em Nova Iguaçu, município do Rio de Janeiro. Já o projeto gráfico ficou por conta do designer João Persan. 
“Duas faixas foram gravadas no estilo blues, para não nos esquecermos do outro trabalho [risos]. Creio que mais vidas serão salvas, libertas e curadas por meio desses louvores. Os três dias de gravação foram muito especiais, e o estúdio transformou-se em uma igreja. Sentimos a presença de Deus muito forte em todas as músicas. Esse CD está lindo e levará para a sua casa a paz, o amor, a alegria, a unção, a força e o poder de Deus”, disse Bruna. O maestro Michael Sullivan também falou sobre essa produção: “A Bruna Martins é uma das grandes vozes que já produzi. O CD está lindo e foi um prazer trabalhar nesse projeto”, destacou. 
No dia 23 de julho de 2016, a partir das 19:00, será realizado o lançamento oficial do novo projeto, com participação especial do Pr. Jayme de Amorim e dos cantores Fernandes Lima e Danielle Rizzutti . A entrada será franca e será realizada uma ação social no município. 
Serviço:
Força e Poder - lançamento do novo álbum de Bruna Martins
Dia 23 de Julho das 19h às 21h30
Ginásio Poliesportivo Ayrton Sena
​Endereço: Av. Antônio Faustino dos Santos, 98 - Carapicuíba - SP


segunda-feira, 20 de junho de 2016

Aline Barros na ADALPHA dia 04/07 as 20 horas !



A cantora Aline Barros estará em Alphaville na Igreja Assembleia de Deus de Alphaville/Barueri - SP no dia 04/07 as 20 horas num grande Mover de Louvor e Adoração.

Endereço Alameda Tocantins 420, Alphaville /Barueri-SP, próximo ao Shopping Iguatemi.

Ingressos no local ou no site  www.eventick.com.br/alinebarros 

video



Mãe resgata filho removendo escombros de templo da Assembleia de Deus com as próprias mãos

O desabamento de um templo da Assembleia de Deus na cidade de Diadema (SP), na última quarta-feira, 15 de junho, resultou na morte de uma fiel, mas poderia ter causado mais vítimas fatais. Uma mãe, que participava de um culto na hora do acidente, estava acompanhada de dois de seus quatro filhos, e precisou revirar os escombros para resgatá-los enquanto o Corpo de Bombeiros chegava ao local.


Vera Lúcia de Lima Jesus, 37 anos, usou os próprios braços para remover escombros e resgatar o menino Fernando, de 2 anos de idade. O outro menino, Davi, ficou soterrado até a chegada dos bombeiros.


“Só pensei que precisava tirar meus filhos debaixo dos escombros. Por isso, comecei a cavar com as próprias mãos”, disse a mãe, lembrando do desespero. “Continuei a revirar o entulho e a chamar pelo Davi”, acrescentou. Os vizinhos e demais fiéis que escaparam ilesos a ajudaram a fazer o resgate.

Após a chegada dos bombeiros, Davi passou a noite em observação em um posto de saúde devido á pancada na cabeça, de acordo com informações do jornal Diário do Grande ABC.

“Foi tudo muito rápido. Só consegui pensar nos meus filhos”, disse Vera Lúcia, lembrando do momento do desabamento. “São nessas horas que uma mãe se torna uma heroína. E hoje eu fui uma”, acrescentou, frisando que sentiu-se com força sobre-humana nos momentos de maior tensão.

O tio dos meninos, Wilton Doia, afirmou que a mãe deles agiu guiada somente pelo instinto materno: “Não mediu esforços para salvar as crianças”.

Outra fiel que participava da campanha de oração no momento do acidente foi Samara Pereira Alves, 32 anos, que considera ter saído com vida devido a um “livramento de Deus”. “Estava no palco fazendo orações e ouvi o estalo. Quando percebi, a fumaça já havia tomado conta do salão. Fui me guiando pela parede até a saída”, contou.

O filho de Samara, Willian Wallace Alves Santos, 13 anos, estava com o amigo Adão Lucas, 18, na cantina, local que entrou em colapso e gerou o desabamento: “Escutei o barulho e já vi a fumaça subir. Lembrei da minha mãe na hora e, quando fui ao encontro dela, ela estava saindo pela porta”, relembrou, aliviado.

Assista aqui Video de lançamento "Mulher +QV" produzido pela Banda de Rock Gospel Katsbarnea.



Após realizar a gravação do DVD A Carne e o Sangue, o Katsbarnea adiantou o primeiro material da produção audiovisual. "Mulher + QV" é uma faixa inédita.

Dedicada ao público feminino, foi inspirada no projeto Mais que Vencedoras, da Igreja Renascer em Cristo. O lançamento do novo projeto ainda não tem data definida. 

Camila Campos, vocalista da banda Sonnia, fez participação especial nos vocais.




Malafaia: mídia tenta denegrir evangélicos distorcendo informações do atentado de Orlando; Veja

O pastor Silas Malafaia comentou as insinuações feitas por ativistas gays – incluindo o deputado federal Jean Wyllys – e repercutidas pela imprensa brasileira sobre a tragédia de Orlando, Flórida (EUA), onde 50 pessoas perderam a vida nas mãos de um extremista muçulmano.

No ensejo da repercussão do atentado, comparou-se o extremismo islâmico à postura evangélica, o que foi prontamente rebatido por líderes cristãos, incluindo o pastor Marco Feliciano (PSC-SP).
Em um vídeo publicado em seu canal no YouTube, Malafaia classificou o episódio como “uma barbárie”, e destacou os depoimentos colhidos pela imprensa norte-americana, que dão conta de que o atirador Omar Mateen “era frequentador assíduo da boate gay, e segundo a sua ex-mulher [tinha] tendências homossexuais”.
O pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) questionou “a quem interessa denegrir os evangélicos aqui no Brasil?”, de forma retórica, e apontou parte da imprensa nacional como interessada.
“Usar uma barbárie para incitar ódio a um segmento da sociedade, que são os evangélicos, de mais de 50 milhões de pessoas que têm contribuído para o bem-estar da nação? Sabe quem são? Uma minoria de jornalistas esquerdopatas por ideologia. Porque esses jornalistas – essa minoria, não é toda a imprensa – querem nos denegrir porque nós somos uma muralha contra a libertinagem, a safadeza que eles pregam. Nós somos contra a liberação de drogas, nós somos contra a ideologia de gênero que erotiza crianças, nós somos contra casamento gay, nós somos contra aborto. Isso pertence à agenda da esquerda. E alguns jornalistas esquerdopatas querem nos denegrir utilizando a coisa mais horrorosa, um ato bárbaro daqueles – que é para ser reprovado por todos, porque não depende de religião; não depende se é hetero ou homo -, e os caras querem usar isso para nos denegrir?”, criticou.
Malafaia rebateu as insinuações de que os evangélicos são extremistas em potencial que estariam à beira de adotar posturas semelhantes às dos radicais islâmicos: “Eu faço uma pergunta à sociedade: em que lugar do mundo tem uma milícia cristã que comete assassinatos? Qual é o exército gospel que manda matar pessoas que são contra nossos princípios? O modelo do ocidente é o modelo judaico-cristão. Direitos humanos, direito à vida, é aqui. No ocidente, o indivíduo é livre para ser gay, e nem nós estamos aqui para impedir porque nem Deus impede. Mas isso não significa que nós não possamos criticar. Seja um comportamento sexual ou seja um comportamento religioso. Que papo é esse, que por você fazer crítica a um comportamento você está gerando homofobia? Opinião não é homofobia. E opinião não é crime. Homofobia é matar. Dizer que nós, pela nossa postura, de denunciar que homossexualismo é pecado, estamos promovendo a violência contra eles? Então, vocês também têm que ter coragem, deixar de ser covardes. Digam que as televisões que exibem milhares de filmes violentos, de imoralidade, até de estupro, contribuem para isso. Porque vocês não dizem?”, questionou.
Malafaia usou a realidade nos países do Oriente Médio e as doutrinas extremas pregadas pelo islamismo – e que são consenso entre muçulmanos moderados e radicais – de proibição à prática homossexual e outras questões ligadas ao ocidente, para confrontar as ideias defendidas pela parcela esquerdista da imprensa.
“Tenho que ser honesto. Na hora de criticar, eu critico. O jornal O Globo fez uma reportagem corajosa e isenta sobre o que as nações islâmicas e o talibã fazem com os homossexuais. Quando é que nós promovemos a morte de alguém? Pelo contrário, senhores. Ano passado, mais de 115 mil cristãos foram assassinados e esses jornalistas esquerdopatas [ficaram] de boquinha calada. Nunca falaram nada. Até charge para nos denegrir [fizeram]… [também não falam sobre] o movimento gay, quando é contra os evangélicos, ou católicos… Até em frente à igreja católica [os ativistas gays] colocaram crucifixo no ânus. Mulheres colocaram imagens de santos da Igreja Católica na vagina, e ninguém fala nada. Manda eles fazerem isso em frente uma mesquita. Porque fazem conosco? Porque sabem que nós vamos tolerar”, pontuou.
“Nós não estamos aqui para promover morte de ninguém. É a coisa mais nojenta incitar o ódio contra uma comunidade pacífica, que são os evangélicos no Brasil, que têm contribuído para o bem-estar dessa nação. O jogo é ideológico e político. Estão com medo do nosso crescimento. Mas quero dizer que vocês não vão nos parar, não. E eu não vou me calar. Eu não estou aqui culpando a imprensa de maneira geral. Eu estou dizendo bem claro, de maneira pontual: uma minoria de jornalistas e colunistas ideologicamente de esquerda, querem nos denegrir. Cambada de bandidos inescrupulosos. Vocês não merecem ser jornalistas, porque vocês são parciais”, acrescentou.
Por fim, expôs um fato que a imprensa – como um todo – costumeiramente omite: “Agora eu vou dizer uma verdade. Sabe esses crimes de homofobia? A metade deles acontecem por briga de amor entre eles. E é colocado como se fosse homofóbico […] Lembra do cara de Goiás, que foi assassinado, que a imprensa falou que era homofobia? Foi o parceiro. Lembra do rapaz em São Paulo? Disseram que jogaram ele do viaduto. Ele que se matou. E nós não estamos aqui para tripudiar sobre isso não”.
Assista:

Nasci pra Te Amar é o novo álbum do cantor independente Di Monteiro, assista aqui!

Release:



Lançado neste mês, Nasci pra Te Amar é o novo álbum do cantor independente Di Monteiro. Com distribuição digital, a obra contém múltiplas influências, mais notadamente do pop rock com letras congregacionais. 



Faixas 

1. Jesus (Cl 1.13-17) 
2. Nasci pra Te Amar 
3. Filho do Rei 
4. Não Vivo sem Deus 
5. Eu Tenho a Glória de Deus 
6. Amazing 
7. Meu Socorro 
8. Rendo-me a Ti 
9. A Glória Vem 
10. O Amor 
11. Espírito Santo, Meu Amigo 



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...