Google+ Rádio Gospel Hits: Reverendo Caio Fábio revela doença no coração e afirma: “Se o Senhor quiser, vai me curar”

Divulgação 728 X 90

Player

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Reverendo Caio Fábio revela doença no coração e afirma: “Se o Senhor quiser, vai me curar”

O reverendo Caio Fábio divulgou em sua página pessoal no Facebook que o estado de saúde de seu coração inspira cuidados, e que as alternativas médicas conhecidas seriam apenas “melhoras paliativas”.
A informação foi repassada em dois textos, que acompanham duas imagens de Caio Fábio e sua família. No primeiro, o reverendo fala em tom de reflexão sobre seu estado e suas escolhas de vida, e se mostra convencido de suas opções. Confira abaixo:
A situação do meu coração
Não é boa, mas não é terrível!…
Meu coração é o de um homem de uns 70 anos, bem machucado.
Vivi com o coração projetado para fora do corpo.
Sempre soube que esse era o preço de ser um ser-coração!
Não tem cura humana, mas várias melhoras paliativas.
Se o Senhor quiser, me cura agora. Se não, já estou curado!
Vivi com a alma. Este é o maravilhoso preço!
Prefiro morrer antes tendo vivido com o coração e sofrido muito nele, do que viver anos e anos de uma vida de um bundão que existe para se proteger e auto-preservar!
Mas ainda tenho muito a fazer!
Pode ser que os dias de minhas perturbações aos que se afligem com minha existência ainda demore muito mais do que eles gostariam.
Como a morte não e diz nada, estou tão bem ou até melhor do que jamais.
Um beijo para todos!
Nele, que morreu do coração, pois quando ferido dele saiu sangue e água, se expressava um diagnóstico: o coração Dele explodiu,
Caio
14 de agosto de 2013
No segundo texto, o reverendo dá detalhes do diagnóstico feito pelos médicos, ressaltando que todo o seu corpo possui bom estado de saúde, e que apenas o coração necessita de cuidados.
Caio Fábio diz que, apesar da notícia da situação delicada, está com tranquilidade: “Ora, eu e minha mulher estamos totalmente tranquilos. Meus filhos também. O Ciro, o mais velho (38), acaba de sair daqui cheio de paz.Tomamos decisões e ficamos cheios de planos. Creio que meu dia mais rico na terra será o último. Assim espero crescer Nele todo dia”, escreveu.
No meio do texto, Fábio diz que está confiante que seu tempo ainda não acabou: “Estou certo que o tempo da minha partida ainda não deve ser agora. É o que sinto no meu íntimo”.
Confira a íntegra do segundo texto escrito por Caio Fábio:
Uma avaliação cardíaca
Hoje o estado do meu coração foi assim descrito por um especialista de minha confiança e respeito, e que sei que me quer muito bem.
Leia um trecho:
Vi o CAT + angioplastia originais e analisei, junto com mais três colegas, dois hemodinamicistas e um grande cardiologista clinico.
O exame é, realmente, de um paciente com extensa doença coronariana e de difícil tratamento pois não há vasos bons nem para angioplastia, nem para receber pontes de safena ou mamária.
A angioplastia feita em um vaso de uma área que evidentemente não era a pior área foi uma brilhante estratégia para aumentar o fluxo pelas artérias colaterais (só se percebe isso vendo o filme com muita calma). Como não havia onde revascularizar as principais áreas doentes foi aumentada a oferta dilatando o vaso que oferece as colaterais (longe de ter sido um erro foi uma atitude inteligente), porém a oferta de sangue, por este mecanismo, foi pouco eficaz, devido à extensa doença coronariana.
Conclusão:
1. trata-se de um caso ruim para a cirurgia (os vasos estão todos doentes), não posso prever o resultado, pode melhorar ou não.
2. novos stents não tem chance de resolver.
3. o tratamento clinico otimizado + reabilitação cardio-pulmonar estão indicados, com ou sem cirurgia.
Não posso marcar uma cirurgia pois preciso conversar, pessoalmente e claramente, com o paciente e familiares, os prós e contras. São todos muito inteligentes e precisam participar desta definição.
____________________
Ora, eu e minha mulher estamos totalmente tranquilos.
Meus filhos também. O Ciro, o mais velho (38), acaba de sair daqui cheio de paz.
Tomamos decisões e ficamos cheios de planos.
Creio que meu dia mais rico na terra será o último.
Assim espero crescer Nele todo dia.
No entanto, ontem, em S. Paulo, fui levado a um homem de atitude de anjo sábio e que se propôs, como cientista do coração, a fazer uma série de coisas boas comigo; digo: comigo como um todo, no corpo, clinicamente [pois, pasme: eles todos dizem que tudo o mais em mim está forte e jovem, exceto o coração. rsrsrs] e com o coração, especificamente.
De fato, saímos contentes de São Paulo.
Por que estou dizendo isto aqui?
É que faz tempo que aprendi que é melhor que eu diga do que as “fofocas o façam”. E como não tenho nada a esconder, prefiro deixar tudo límpido.
Além disso, estou certo que o tempo da minha partida ainda não deve ser agora. É o que sinto no meu íntimo.
Sei que há muito a ser ainda calçado!
Também aproveito para agradecer o carinho de todos os que escrevem e oram!
Além disso, peço também que entendam que não estou em condições de responder cartas faz anos. No www.caiofabio.net isto está dito e explicado. Aqui no FaceEsperoBook e não Block, todavia, muitos escrevem esperando respostas longas e particulares. Não consigo atender, só se for para morrer loguinho… Rsrsrs.
E cuidado…
Eu ainda posso dar um susto em vcs e ficar aqui como “pertubador do falso israel e amigo do verdadeiro Israel de Deus” por muitos anos.
Ninguém sabe Nada!
E que bom!
Aleluia!
Caio
15/08/13

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...