Google+ Rádio Gospel Hits: Outdoor de Virgem Maria Com Teste de Gravidez: 'Não Se Deve Humanizar Ao Extremo o Nascimento de Jesus', Diz Pastor.

Divulgação 728 X 90

Player

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Outdoor de Virgem Maria Com Teste de Gravidez: 'Não Se Deve Humanizar Ao Extremo o Nascimento de Jesus', Diz Pastor.

Uma campanha de Natal da igreja anglicana St. Matthew in the City, localizada em Auckland, na Nova Zelândia, vem causando polêmica. O outdoor mostra a Virgem Maria assustada com o teste de gravidez. 

Outdoor sobre Maria
O anúncio tem gerado manifestações de religiosos ofendidos com a imagem que pode ter diversas interpretações, eventualmente indesejadas pela igreja.

Depois de uma onda de discussões, a igreja divulgou em nota que a sua intenção não era de causar polêmica, mas mostrar “Jesus na realidade de seu nascimento” e a ansiedade de uma mulher pobre grávida.

Alguns pastores e líderes falaram sobre o assunto expressando opiniões distintas. Uns apontaram impactos negativos do uso da imagem enquanto outros classificaram o fato como algo sem nenhum impacto, nem positivo ou negativo.

Para o pastor Ciro Sanchez Zibordi a imagem usada é imprópria, além de contrária às Escrituras. Em entrevista ao The Christian Post, ele explicou que Maria jamais faria um teste para saber se estava grávida por não ter tido conjunção carnal entre ela e José. Além disso, ele acrescenta que Deus lhe havia revelado que ela conceberia por parte do Espírito Santo.

“Não se deve humanizar ao extremo o nascimento de Jesus nem supervalorizar o aspecto sobrenatural. Jesus foi gerado no ventre de Maria por obra e graça do Espírito Santo. Mas nasceu como todos os seres humanos nascem”.

O pastor orienta os fiéis a separarem o verdadeiro Natal de Cristo da festa secular. No caso das crianças, ele diz, que vivem em um mundo de fantasia, cabe aos pais ensinarem sobre Jesus com sabedoria.
Mas não é preciso exageros. Segundo o pastor da Assembleia de Deus da Vila Miriam, São Paulo, não há problema em enfeitar a casa e presentear as crianças, e aproveitar o lado bom da festa secular, que é o clima de confraternização e alegria entre todos.

“A transição do mundo da fantasia para a realidade deve ser feita de modo natural. Com o tempo, a criança percebe que Papai Noel é uma figura ficcional, e que o Senhor Jesus é real,” explicou.

Ciro Sanchez acredita que o mais importante é celebrar o natal todos os dias. “Como? Reconhecendo Jesus como Senhor e Salvador e obedecendo à sua Palavra, pois Ele disse: ‘Se alguém me ama, guardará a minha palavra’ (Jo 14.23). Esse é o verdadeiro sentido do Natal”.

Já para o Bispo Robinson Cavalcanti, que é da Igreja Anglicana do Cone Sul da América, mesmo estando a imagem fora de contextualização, ela não é ofensiva.

“Imagina que a Virgem Maria existisse hoje, ela poderia ter feito o teste por sentir os sintomas e ficado assustada com o resultado, e só depois o anjo vem e faz o anúncio. Ou ainda ela pode ter feito para confirmar, mesmo que desta forma implique uma dúvida dela em relação ao anjo, acredito que não é nada demais”, explicou ele ao CP.

O Bispo aconselha os Cristãos contextualizarem o Natal com a data de aniversário de Jesus Cristo. Segundo ele, “aniversário” é um evento claro na mente das pessoas e em especial das crianças. “Dizer para elas que é uma festa de aniversário, e quem foi que nasceu? Jesus!”

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...