Google+ Rádio Gospel Hits: Ato de fé reúne detentos na Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Clodoaldo Pinto, em Itaitinga/Ceará

Divulgação 728 X 90

Player

domingo, 7 de março de 2010

Ato de fé reúne detentos na Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Clodoaldo Pinto, em Itaitinga/Ceará

Trezentos e vinte internos, sendo que 80 estavam acompanhados de suas mulheres, participaram, ontem, do primeiro show gospel na Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Clodoaldo Pinto, em Itaitinga.

Com louvores e, sobretudo,testemunhos de internos e ex-presos convertidos a igrejas evangélicas, a iniciativa foi pioneira na promoção de um amplo ato de fé.

O espetáculo começou as 8h30. A ideia inicial é que todas as companheiras estivessem presentes, mas o fato de ser um sábado inviabilizou a participação da maioria das convidadas.

Todo um aparato de segurança foi mobilizado no sentido de garantir a tranquilidade do evento, bem como a segurança de uma ampla assistência reunida na quadra de esportes.

Além de 20 agentes prisionais que atuaram na parte interna, contou-se ainda com as presenças de 15 policiais militares e mais os efetivos da Unidade de Apoio Penitenciário.

De acordo com a diretora Keydna Alves Lima, a iniciativa não consistiu na promoção de um proselitismo religioso. Ela entende que foi oferecida uma oportunidade para que o público alvo tenha a sua cidadania resgatada. "Entendo que é dever do Estado punir o delinquente. Mas é muito mais imperativo que busque meios para transformar os presídios em centros de graduação do crimes em instituições de recuperação", disse Keydna.

Embora a iniciativa do show tenha sido da Igreja Batista Central, houve a participação de outras congregações evangélicas, tais como a Assembleia de Deus, Igreja Universal e Deus é Amor. O ato foi animado pela banda da Igreja Batista.

"Para mim, esse é um momento de graça. Quem é convertido, tem a sua fé fortalecida. Quem ainda não é, conta com uma oportunidade se fazer um compromisso com Deus", disse o interno Luis Marques Rodrigues, 31 anos, que aguarda julgamento por assalto.

Luiz Marques lembra que sua conversão se deu há sete meses, mas considera que foi o tempo suficiente para descobrir que "Deus escolhe as coisas loucas para confundir os sábios", afirmou, citando a Bíblia.

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...